Blood Makes Noise

6 de Dezembro

Começam a desvendar a Hungarian Connection, pelo menos do ponto de vista da cantora Pepper Mottley. Segundo ela, a operação serviria para equipar o seu bando de músicos viajantes com os meios necessários para caçar monstros como aquele que olhou para Enda na oficina de Kazimir Kurucz. Entretanto, Claude também teve o seu primeiro contacto com uma realidade mais vasta e assustadora. Mikael Ivanov terá levado Tatyana até Esteban Roldan e é pura especulação o que ele lhe terá feito, mas foram entretanto interrompidos pelos capangas do pai dela. Esteban terá dado conta deles com estranha facilidade, mas também quase matou Mikael por este ter sido seguido por eles. Incerta do que se passou, Tatyana vai agora com Mikael para o hospital e a ambulância é seguida por Esteban que guia o BMW armadilhado por Enda.

View
28 de Novembro

Kazimir Kurucz tem a polícia de Budapeste à procura da sua carrinha Ford Transit, pelo que o vosso Heat aumentou para 2. Entretanto, a sua filha Tatyana planeia fugir de casa com Mikael Ivanovic usando a prenda de aniversário que recebeu do pai, um BMW topo de gama. Nem ela nem ele parecem saber que o veículo tem um tracker colocado na oficina de Kurucz, nem farão ideia que Vojdan colocou uma bomba no motor.

Do outro lado da cidade, a Este fica o pequeno clube recreativo onde a cantora Pepper Motley poderá ser encontrada depois de supostamente ter sobrevivido a um encontro com um monstro que massacrou a sua banda. Mais a Oeste, Vojdan prepara-se para roubar um estranho frasco que Jitka, a negociante de arte, recebeu de Esteban, o patrono do teatro Anatol.

Muito acontece em pouco tempo e os nossos agentes consideram agir cada um para seu lado, bem como possivelmente ligar para um dos seus contactos.

View
22 de Novembro

Como vimos, o jogo não pára por falta de pistas mas precisa que pensem no que vão fazer com elas. Neste momento, estão a seguir o traficante Mikael Ivanov que sem dúvida terá saído do hotel num taxi para tratar de negócios. Entretanto, como pensam usar aquilo que sabem da sua relação com a filha de Kazimir Kurucz? Quais são as vossas prioridades?

View
15 de Novembro

Precisam de algum tempo se quiserem recuperar do estado em que se encontram e pesquisar as pistas que conseguiram. Onde vão parar com a Ford Transit? Têm alguma safe house em Budapeste?

Nesta primeira sessão, visitaram uma oficina muito suspeita e perigosa. Mexe com muito dinheiro, explosivos, crime eletrónico, tráfico humano, drogas e gente com demasiadas armas. Já para não falar de montros tirados dos vossos próprios pesadelos e fetos estranhos guardados no motor de uma carrinha. Mesmo para agentes secretos habituados a tudo, tão cedo não esquecerão esta noite.

Entretanto, além de possíveis imagens para as vossas personagens, talvez queiram escrever nuns poucos parágrafos as vossas drives, symbols, solaces e sanctuaries. São os pontos que ainda estão mais indefinidos. Daquilo que não tiverem bem a certeza, coloquem no fórum. Do resto, podem editar diretamente a vossa personagem.

View
8 de Novembro

Nesta noite começamos a criar as personagens da Débora e do Ricardo. Pegamos nos backgrounds de Cleaner e Bang-and-Burner respetivamente e fomos adaptando estes conceitos aquilo que cada um quer jogar. Preenchemos as fichas e conversamos sobre as questões mais importantes, nomeadamente: drives, agências secretas das quais fizeram parte, como saíram dessas agências e o que fazem agora.

Segundo entendi, ficou mais-ou-menos definido que a personagem da Débora é uma jovem hacker da CIA que trabalhava para apagar os rastos de todo o tipo de operações da agência. Com o tempo, terá talvez acontecido alguma coisa que a levou a perder uma certa ingenuidade e a planear a sua saída da CIA. Apagou os seus próprios rastos e fugiu para a Europa procurando agora usar as suas competências para revelar informações escondidas por todo o género de organizações corruptas.

Por outro lado, o Ricardo já tinha em mente fazer um irlandês que gosta de bebida, explosivos e carros rápidos, mas diferente do arquétipo que já jogamos na demo. Segundo entendi, optou por enveredar por um polícia da brigada de minas e armadilhas que foi recrutado pelo MI5 pelo seu talento a desarmar explosivos. Manteve-se sempre leal à agência mesmo durante as suas operações contra o IRA, mas num desses cenários algo correu muito mal e a equipa toda foi pelos ares excepto ele. Tendo em conta estas circunstâncias incriminantes, decidiu sair de cena antes de qualquer debriefing e procurar investigar quem explodiu com os seus companheiros.

Dentro do vasto submundo de ex-espiões europeus :) a personagem da Débora e do Ricardo encontraram-se por ocasião dos atentados à bomba de 2004 e 2005 em Espanha e Inglaterra, cada um seguindo as suas drives em busca de Transparency e Revenge. Juntos seguiram um possível rasto de um ou vários bombistas que não teriam nada a ver com a história da al-Qaeda espalhada pelos media. No entanto, as pistas não chegaram a lado nenhum e acabaram por se separar para também acautelarem que não seriam encontrados pelas suas ex-agências.

Ficou combinado que na primeira sessão de jogo é suposto as personagens se reencontrarem após vários anos para seguirem uma nova pista.

View
Benvindos!

Benvindos ao site da nossa campanha de Night’s Black Agents. Por favor registem-se para poderem aceder ao calendário no qual vamos marcando as sessões. Assim que esiverem registados, eu poderei também alterar as permissões para que possam editar as vossas personagens. Existe também um pequeno fórum e outras funcionalidades que podemos ir aproveitando eventualmente.

View

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.